sábado, 28 de agosto de 2010

Carta dos 4 Rios


27/08/2010 - Participantes do I Encontro dos Povos e Comunidades Atingidas e Ameaçadas por Grandes Projetos de Infra-Estrutura, nas bacias dos rios da Amazônia: Madeira, Tapajós, Teles Pires e Xingu, em Itaituba, oeste do Pará, entre os dias 25 e 27 de agosto de 2010 lançam carta em defesa da vida.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Dom Moacyr e a CNBB falam sobre o código forestal


Dom Moacyr Grechi, arzobispo de Porto Velho tem se manifestado com preocupaçao sobre o novo Código Forestal:

Lei do Código Florestal
Data: 27/08/2010 - 09:07H

No dia 06 de julho deste ano foi votado em comissão especial da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 1876/99, que propõe alteração do Código Florestal Brasileiro (Lei nº 4.771 de 15 de setembro de 1965).
Continuam, no entanto, as polêmicas sobre estas mudanças, pois o texto que altera o Código aguarda a votação em Plenário para depois seguir ao Senado.

A Igreja tem contribuído com a sociedade brasileira para a formação de uma consciência ecológica e defesa do meio ambiente, especialmente por meio das Campanhas da Fraternidade. Em uma Nota da CNBB, ela manifesta suas preocupações diante da reforma do Código reafirmando o posicionamento contrário da Igreja à aprovação das alterações do Código Florestal e propõe um amplo debate com a sociedade civil e com especialistas.

AMAZÔNIA TOMADA PELA FUMAÇA

Já faz algumas semanas que a Amazônia legal volta a estar tomada pela fumaça. Estamos em plena época seca e este ano quase não choveu nada. As árvores, as plantas e toda a floresta amarelou, e perto das estradas, ficam chéias de poeira, dando uma imagem terrível de desolação. Diferente do ano passado que foi chovendo mais ou menos. Parece que volvemos aos velhos tempos das grandes queimadas sem controle.


Foto: Queimada em Alvorada do Oeste, RO, agosto de 2010. zezinho

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Candidatos de Rondônia ideferidos pelo TRE RO pelo Ficha Limpa

Segue abaixo a Listagem de Candidatos indeferidos com base na lei Ficha Limpa.
A lista com o inteiro teor das decisões do TRE-RO podem ser acessadas pela intenet.
www.tre-ro.gov.br. Clica no ícone ELEIÇÕES 2010.
* * Nome Cargo Partido/ Coligação Motivo
1 Adilson Rodrigues Tulio Deputado Estadual PPS – PPS/PSDC Crimes contra a Fé Pública
2 Altamiro Souza da Silva Deputado Estadual PMN - Unidos Por Rondônia Contas Rejeitadas
3 Augustinho Pastore Deputado Federal PP - Avança Rondônia - O progresso não pode parar Contas Rejeitadas
4 Carlos Alberto de Azevedo Camurça Deputado Estadual PP – Avança Rondônia – O progresso precisa continuar Contas Rejeitadas
5 Daniela Santana Amorim Deputada Federal Avança Rondônia – O progresso não pode parar Abuso do Poder Econômico e Improbidade Administrativa

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

CPT RO REALIZA OFICINAS PREVENTIVAS CONTRA O TRABALHO ESCRAVO

Quinta feira dia 29 de Julho e sexta 30 de Julho de 2010, a CPT RO realizou em parceria com a Procuradoria Federal do Trabalho e a Fiscalia do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, duas oficinas preventivas contra o Trabalho Escravo e Degradante em Rondônia. Em Presidente Médici e em Vilhena.

Oficina Presidente Médici
O dia 30 a oficina em Presidente Médici foi preparada pela CPT RO em parceria com a SEDUC, secretaria estadual de educação, dirigida no município pela professora Joanil. Com a organização da professora Maria Aleides. Trinta e quatro professores/as do município estiveram presentes.



terça-feira, 3 de agosto de 2010

A CPT RO desmente apoiar a ocupação atual de Santa Elina (Corumbiara, Rondônia)

NOTA PÚBLICA DA CPT RO

Desmentindo declarações do cidadão Sr Elias, morador de Cerejeiras, na Rádio Comunitária de Corumbiara, afirmamos que nem a Comissão Pastoral da Terra nem o seu assessor jurídico, Pe. Afonso das Chagas, nem muito menos o Bispo de Guajará Mirim, Dom Geraldo Verdier, estamos dando apóio nem aval nenhum à ocupação atual da Fazenda Santa Elina, cenário do trágico massacre de 09 de Agosto de 1995.

A CPT RO recebeu informação sexta feira, dia 27 de Julho, que um grupo ligado a CODEVISE (Comité de Defesa das Vítimas de Santa Elina) e a LRP (Liga dos Revolucionários Pobres) estaria promovendo esta ocupação.

As terras de Santa Elina precisam ser desapropriadas, sim, para cumprir a função social da terra, porém segundo informações ainda incertas, já existe em Brasília um processo de desapropriação por parte do INCRA na Fazenda Santa Elina. Famílias cadastradas seriam chamadas em Novembro para serem assentadas.

Segundo fontes locais, agora chegaram na ocupação atual famílias de Cacoal, Rolim de Moura, Theobroma, Jaru e outras localidades, criando um clima de tensão entre estas e as famílias já cadastradas na região. Se houver novo conflito nesta parte, o Codevise e a LCP, em seus líderes, devem ser inteiramente responsabilizados.

Nem a CPT RO, nem Dom Geraldo muito menos, tem qualquer anuência com esta atitude. O INCRA deveria se pronunciar publicamente sobre estes fatos.

Josep Iborra Plans, pela coordenação colegiada da CPT RO.