domingo, 22 de maio de 2011

Conselheiro da CPT RO faz a diferença em assentamento Joana d'Arc

Quem vê o Sr. Pedro, um vovô calado e humilde(na foto com camisa azul clara), conselheiro da CPT RO, se surpreende com sua iniciativa e disposição.
Morador de uma das várias linhas do assentamento Joana d'Arc, onde muitos serão atingidos pela barragem de Santo Antonio e, os que ficam estão sofrendo pelos impactos sociais, econômicos e afetivos pela desestabilização repentina, Sr Pedro busca alternativas.


É notória a má qualidade da terra neste assentamento. Além do mais, degradada e já com muito desmatamento. Ontem, sábado, juntamente com Adilson, presidente de uma associação no PA Flor do Amazonas, fomos conhecer o projeto da associação onde Sr Pedro é presidente. 

Em função da quantidade de babaçu ali existente, conseguiram de uma ONG -" Raízes Nativas", aprender como aproveitar  toda a cadeia produtiva do babaçu, com verbas da Fundação Banco do Brasil. O grupo  Raizes Nativas está trabalhando desde agosto com a associação. Iniciaram com cursos de formação ambiental, cooperativismo até o aproveitamento do babaçu como farinha alimentar, óleo, artesanato, ração, adubação orgânica etc.
Já conseguiram o maquinário e ontem estavam testando-o. Nos fundos da associação há um viveiro para reflorestamento, açai e várias tipos de madeiras para produção de óleos medicinais. Depois, Sr. Pedro nos levou para conhecer um outro viveiro  no seu terreno e este, foi conseguido  com a ajuda das Irmãs Marcelinas em nome da comunidade eclesial, onde também é presidente. Outra supresa foi  conhecer seu lote com abundancia de frutas como, a grande produção de cupuaçu, limão etc. que está se perdendo por falta de transporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos suas opiniões e informações.